Atividade Física

Alimentação

Sedentarismo

Viva Com Saúde Total

Browse By

Quais são os sinais e sintomas do Alzheimer?

Quais são os primeiros sinais e sintomas do Alzheimer? Como saber se alguém está dando sinais de Alzheimer? Quando você deve suspeitar que alguém está iniciando um processo demencial?

O que é demência?

Demência é todo processo neurológico em que a pessoa vai perdendo habilidades cognitivas. Habilidade cognitiva é a capacidade de uma pessoa falar, ter memória, ter lembranças, ter raciocínio, se localizar no espaço. Ou seja, tudo que o cérebro consegue fazer são as habilidades cognitivas de um indivíduo. Então, a demência significa a perda gradativa dessas habilidades que a pessoa tinha previamente. E o Alzheimer é um tipo de demência.

Quais são os sinais do Alzheimer?

  • Perda de memória recente;
  • Se perder em lugares que já são conhecidos: bairro, cidade;
  • Perder noção do espaço: a pessoa está na rua e acha que está em casa;
  • Esquecer onde guardou os objetos;
  • Começar a ter manias e hábitos: não querer tomar banho, por exemplo.
  • Dificuldade muito grande para fazer raciocínios simples;
  • Alterações de linguagem, diminuindo o vocabulário: dificuldade de nomear as coisas.
  • A pessoa fica repetitiva: ela fica falando a mesma coisa várias e várias vezes. Por exemplo, a pessoa te fala algo, depois de um tempo ela repete a mesma coisa, passa mais um tempo e ela fala novamente.
  • Perda da noção de tempo: não sabe em qual dia, mês ou ano está.
  • Trocar as coisas muito facilmente, tendo confusão de materiais: achar que o bule é para colocar chá, ou colocar objetos do armário na geladeira, fazer confusões com nomes de pessoas muito próximas.
  • Falar muito sobre o passado: ao ser questionada sobre algo que aconteceu recentemente a pessoa não consegue se lembrar.
  • Dificuldades para realizar coisas que fazia habitualmente.
  • Comportamento incomum: uma pessoa que sempre foi muito tranquila e começa a ficar muito irritadiça.
  • Não costuma achar que está tendo problemas de memória.

Como diferenciar os sintomas do Alzheimer dos sintomas do envelhecimento?

Em primeiro lugar, no envelhecimento normal não se espera que a pessoa tenha perda de memória. No processo de envelhecer do cérebro, se a pessoa tem alguma disfunção, uma perda de cognição, perda de memória, perda de capacidade executiva, isso deve ser visto com a ótica da doença. Ou seja, há algo de errado com essa pessoa. Mas, não necessariamente é Alzheimer, às vezes pode ser demência vascular, demência nutricional ou um somatório de um Alzheimer inicial com uma doença vascular, com uma interação medicamentosa errada. Além disso, pode ser um somatório de outros fatores, como inatividade física de longa data, falta de atividade mental, desnutrição, apneia do sono, dentre outros, que levam a uma deterioração cognitiva. Mas, um idoso saudável, que se manteve saudável ao longo da vida, espera-se que ele se mantenha bem.

Então, como diferenciar uma pessoa que realmente está tendo uma doença, de um idoso normal?

Bom, um idoso que possivelmente está com uma doença de Alzheimer, vai apresentar esquecimentos muito frequentes, e não vai ser uma vez ou outra. Ele vai se esquecer do que aconteceu hoje, amanhã da mesma forma, no outro dia também. Dessa forma, o indivíduo vai ter esquecimentos que vão comprometer sua vida. Pois, ele vai a um lugar e vai ficar perdido naquele lugar, por não saber como voltar. Além disso, vai fazer um trabalho e vai esquecer de como fazer aquele trabalho, ou vai esquecer de uma reunião importante. Então, a pessoa terá vários prejuízos no dia-a-dia, de forma importante e repetitiva, que vai piorar progressivamente.

Diagnóstico de Alzheimer

O diagnóstico da doença de Alzheimer, na maior parte dos casos, infelizmente, é feito de forma tardia. Mas, é preciso estar atento aos sintomas iniciais. É a partir da suspeita clínica de algum dos sintomas, que alguém pensa se a pessoa pode estar com Alzheimer.

Geralmente, o profissional de saúde providencia uma história clínica completa: avaliação de todos os sintomas, como surgiu, há quanto tempo, como eram as funções cognitivas da pessoa previamente à incidência desses sintomas. Além disso, é importante analisar se a pessoa tem alguma outra doença, se teve algum outro tratamento médico relevante que foi feito, medicamentos em uso. Isso é muito importante para que seja recolhido o maior número de informações possível para se chegar a uma conclusão. Em seguida, deve ser feita uma avaliação com exames complementares: exames de sangue e exames de imagem cerebral. Mas, em alguns casos podem ser solicitados outros tipos de exame, como PET e exame neuropsicológico.

Saiba como prevenir o Alzheimer.

Fonte: Alzheimer

AVISO LEGAL

O conteúdo disponibilizado neste Portal tem caráter educativo e Informativo, visando ao esclarecimento de dúvidas em relação a medidas preventivas de saúde, exames diagnósticos, tratamentos e problemas de saúde diversos, baseado em pesquisas realizadas em diversas fontes disponíveis na Internet. As informações constantes dos vídeos e Artigos publicados nesse site não substituem consultas a profissionais médicos, nem têm por objetivo ou devem ser interpretadas como diagnóstico, recomendação de plano de tratamento e muito menos prescrição de medicamentos. Em caso de dúvidas, procure seu médico.

Selecionadas Pra Você

    • This category has no posts!

Selecionadas Pra Você