Atividade Física

Alimentação

Sedentarismo

Viva Com Saúde Total

Browse By

Refluxo: o que é, causas, sintomas ?

Antes de mais nada, você com certeza já teve um episódio de refluxo, não é mesmo? Como lidou com isso?

Constantemente conhecemos pessoas que sofrem de refluxo, costumam sentir uma sensação de queimação na região da garganta, peito e estômago. Além de ser muito desconfortável, o refluxo impede a pessoa de realizar várias atividades pelo desconforto. Você é um deles ?

Por fim, venha entender nesse artigo como cuidar do refluxo, o que causa, quais os sintomas e muito mais…

O que é refluxo ?

Primeiramente, o refluxo ocorre pelo ácido do estômago que frequentemente volta do estômago para o esôfago, que é tubo que conecta a boca ao estômago. Por ser muito ácido, esse fluído agride a região por onde passa e provoca sensação de queimação.

Eventualmente o refluxo ocorre com quase todas as pessoas em algum momento da vida. Quando isso ocorre ocasionalmente é normal, no entanto, quando isso é recorrente ( ou seja mais de duas vezes na semana) já passa a ser um problema. 

Por isso, se você possui refluxo recorrentemente, preocupe-se em procurar um médico para acompanhar o seu problema. Uma vez que isso poderá gerar outros problemas mais graves, como: úlcera no estômago.

Causas

Antes de tudo, como o refluxoé a regurgitação do ácido estomacal você pode pensar que a causa do refluxo é o excesso desse ácido. No entanto, não é bem assim.

Geralmente o problema ocorre pela quantidade deficiente de ácido. Assim, quando o alimento chega ao seu estômago para ser digerido a quantidade de ácido é insuficiente, e por isso demora muito tempo na digestão.

Porém, não apenas essa a causa. Ele inclusive pode ocorrer por vários fatores associados.

Outra causa são os hábitos alimentares ruins, como: comer muito rápido, ficar muito tempo sem se alimentar, comer quantidade excessivas de comida de uma vez e dormir imediatamente após a refeição.

Afinal, há fatores agravantes como: consumo excessivo de alimentos ácidos como café, refrigerantes; uso de cigarro; consumo excessivo de alimentos gordurosos e frituras; e alguns tipos de medicamentos.

Fatores de risco

O refluxo possui alguns fatores de risco, veja-os:

  • Obesidade
  • Gravidez
  • Hérnia de hiato
  • Alimentação citada anteriormente
  • Esvaziamento retardado do estômago

Sintomas de refluxo

  • Azia após as refeições, principalmente à noite.
  • Dor no peito
  • Dificuldade em engolir
  • Regurgitação de comida, como explicado anteriormente.
  • Sensação de um nó na garganta

Contudo, o principal sintoma é a azia. Essa sensação de queimação após as refeições é causada por irritação na mucosa do esôfago, causada pelo ácido do estômago. Para muitas pessoas, a azia piora quando elas deitam na cama, o que dificulta uma boa noite de sono.

O sintoma de azia pode acontecer vez ou outra, mas quando ocorre frequentemente configura refluxo.

Ocasionalmente, você poderá optar por um antiácido. No entanto, quando ocorre de forma recorrente é necessário buscar um médico para tratar o refluxo.

Como evitar?

  1. Se estiver obeso, busque regularizar seu peso. Saiba de dicas para o sobrepeso e obesidade
  2. Ao dormir tente promover uma inclinação na sua cama, com travesseiros ou até mesmo coloque pequenos blocos de madeira no pé da cama para promover essa inclinação.
  3. Faça uma reeducação alimentar evitando o consumo de alimentos gordurosos e frituras.
  4. Busque ter uma posição correta na hora de se alimentar. Evitando ficar curvado.
  5. Evite comer antes de dormir. Espere pelo menos três horas depois de comer para ir para a cama.
  6. Pare de fumar
  7. Faça refeições pequenas e frequentes, em vez de grandes quantidades, algumas vezes ao dia.
  8. Corte os alimentos que são agravantes para o problema, alguns foram citados anteriormente.
  9. Coma com calma, reserve um horário apenas para almoçar. Evitando fazer coisas ao almoçar, como assistir TV.
  10. Evite o café.

Alimentos que costumam provocar refluxo

Nesse sentido, alguns alimentos costumam ajudar a provocar o refluxo, evitá-los ajuda a prevenir o problema. Veja-os:

  • Alimentos picantes.
  • Comidas fritas, como falado anteriormente.
  • Alimentos gordurosos.
  • Chocolate.
  • Molhos de tomate.
  • Alho e cebola.
  • Álcool, café e refrigerantes.
  • Frutas cítricas, por exemplo: laranja.

Procure o seu médico!

Em conclusão, há várias complicações sérias com o refluxo. Por isso, é necessário buscar o acompanhamento médico e não apenas tentar cuidar de forma caseira. Entender as causas do refluxo é muito importante.

Ou seja: procure um médico o quanto antes e fique mais seguro!

Contudo, o acompanhamento médico vai investigar as reais causas do seu problema, sendo que esse tipo de avaliação é mais assertiva e propicia para você.

Quer saber mais sobre saúde? Entenda sobre os sinais de inflamação do seu corpo

AVISO LEGAL

O conteúdo disponibilizado neste Portal tem caráter educativo e Informativo, visando ao esclarecimento de dúvidas em relação a medidas preventivas de saúde, exames diagnósticos, tratamentos e problemas de saúde diversos, baseado em pesquisas realizadas em diversas fontes disponíveis na Internet. As informações constantes dos vídeos e Artigos publicados nesse site não substituem consultas a profissionais médicos, nem têm por objetivo ou devem ser interpretadas como diagnóstico, recomendação de plano de tratamento e muito menos prescrição de medicamentos. Em caso de dúvidas, procure seu médico.

Selecionadas Pra Você

    • This category has no posts!

Selecionadas Pra Você