Atividade Física

Alimentação

Sedentarismo

Viva Com Saúde Total

Browse By

Primeiros socorros: O que fazer em uma emergência?

Você já presenciou algum acidente? Já esteve em alguma situação trágica? Precisou ajudar alguém que se acidentou? Precisou estancar um sangramento? Todos nós ficamos abalados com notícias a respeito de acidentes, sejam eles de qualquer natureza. Mas, por mais que não pensemos muito nisso, todos nós estamos sujeitos a sofrer um acidente ou presenciar uma tragédia de perto. Caso isso acontecesse, você saberia o que fazer? Você conhece técnicas de primeiros socorros?

É possível salvar uma vida utilizando conhecimentos básicos. Pois, qualquer pessoa que tenha preparo pode realizar procedimentos de primeiros socorros. Os primeiros socorros nada mais são que procedimentos realizados antes da chegada da ambulância ou da equipe médica. Usando os primeiros socorros você pode impedir que a situação de uma pessoa piore, mantendo-a estável até a chegada da ambulância. Mas, também, em alguns casos os primeiros socorros são suficientes para salvar uma vida.

É ideal que esses procedimentos sejam feitos por uma pessoa que tenha realizado curso em primeiros socorros, mas, conhecimentos básicos podem ser suficientes em determinadas situações. Pois, eles incluem desde estancar o sangramento de uma pessoa com as próprias mãos, até manter o coração de alguém funcionando diante de um ataque cardíaco. Dessa forma, algumas orientações podem ser fundamentais para que você contribua para a manutenção da vida de alguém.

3 primeiras etapas em emergências

  1. Verifique o local: A primeira coisa a se fazer é verificar o local do acidente e seus entornos. É importante analisar se há presença de fogo, destroços caindo, veículos circulando, violência. Caso sua vida esteja, de alguma forma, em risco, saia do local e peça ajuda. No entanto, caso o local esteja tranquilo, avalie as condições da vítima. Mas, alguns cuidados devem ser tomados quanto a isso. Falaremos sobre isso mais à frente. Além disso, em casos de acidentes no trânsito, tente sinalizar aos demais motoristas o perigo na pista.
  2. Recorra à ajuda médica: Por mais que você conheça alguns métodos de primeiros socorros, ou saiba como proceder em determinadas situações. Chame ajuda médica! Às vezes, por mais que não haja ferimentos aparentes, a vítima pode ter ferimentos internos, e isso pode ser fatal. Portanto, ligue para: disque-intoxicação: 0800-722-6001; corpo de bombeiros: 193; SAMU: 192; Polícia Militar: 190; Defesa Civil: 199.
  3. Preste ajuda: se você tem aptidão para prestar socorros, ajude as vítimas. Permaneça com a pessoa ferida até a chegada da equipe médica. Ajude conforme as suas possibilidades e habilidades.

Situações emergenciais comuns

Engasgo

O engasgo ocorre com muita frequência em bebês e crianças pequenas. Muitos pais passam pelo desespero de lidar com o filho engasgado. Essa situação é muito estressante, portanto, o medo e a angústia de ver o filho desfalecer faz com que os pais não consigam socorrê-lo da maneira correta. Por isso, antes de tudo, é necessário manter a calma. Nos bebês a causa do engasgo está relacionada, geralmente, à ingestão de líquidos e alimentos. Já nas crianças maiores, o engasgo pode ocorrer devido à aspiração de pequenos objetos, como pedaços de peças de brinquedos, ou também por meio da ingestão de líquidos e alimentos.

De acordo com a vítima e com o tipo de engasgo são adotados protocolos específicos, por isso, a primeira coisa a se fazer é ligar para a emergência.

Para saber melhor como agir em cada situação, clique aqui.

Queimaduras

As queimaduras estão muito presentes em nossa vida. É comum sofrermos com queimaduras realizando as atividades corriqueiras do nosso dia-a-dia. Elas são classificadas em queimaduras de primeiro grau, segundo grau e de terceiro grau, sendo que, conforme o grau aumenta, a gravidade da lesão também aumenta.

Em casos de acidentes desse tipo, a primeira coisa a se fazer é distanciar a vítima da fonte de calor. Se a queimadura for leve, o ideal é lavar o local com água corrente, por aproximadamente 20 minutos. Você pode também utilizar soro fisiológico. Isso faz com que a temperatura do local seja reduzida e alivia a dor. No entanto, se a lesão for grave, procure ajuda médica imediatamente. Importante: não passe nenhum medicamento ou substância caseira na queimadura.

Acidentes no trânsito

O número de mortes por acidentes no trânsito é bastante expressivo. No Brasil, cerca de 40 mil pessoas morrem, por ano, em acidentes dessa natureza. Mas, em caso de acidente automobilístico, o que fazer?

Em primeiro lugar, sinalize o local do acidente, para evitar outros acidentes. Em seguida, ligue para o 192, número de emergência no Brasil. Durante a ligação, explique o que ocorreu, dê todas as informações necessárias, informe o local do acidente e siga todas as orientações que lhe forem repassadas.

Você não deve movimentar a vítima. Caso ela esteja com capacete, não o retire. Movimentar a vítima pode ser muito perigoso. Pois, se a coluna e/ou a cabeça estiverem lesionadas, a lesão pode se agravar. Para saber se o indivíduo está consciente, faça perguntas simples, como: qual é o seu nome, quantos anos ela tem, como ela está se sentindo, se ela está ouvindo. Em caso de hemorragia, tente encontrar a fonte desse sangramento, se possível, interrompa o fluxo de sangue, para que a pessoa não perca muito sangue. Para interromper essa hemorragia, você pode colocar um pano no local e pressionar por aproximadamente 10 minutos.

Suas ações podem ser fundamentais para salvar a vida de alguém. Aprenda técnicas de primeiros socorros. Viva com saúde total!

Selecionadas Pra Você

    • This category has no posts!

Selecionadas Pra Você