Atividade Física

Alimentação

Sedentarismo

Viva Com Saúde Total

Browse By

Glaucoma: sua visão pode estar por um fio

Você está com a visão embaçada? Seus olhos estão vermelhos, doloridos? Está enxergando halos em torno de luzes? Se a sua resposta foi positiva em alguma dessas perguntas, você pode estar com glaucoma.

O glaucoma é uma doença caracterizada pela danificação do nervo óptico. O acúmulo de fluido na parte frontal do olho causa o aumento da pressão ocular, e esse aumento de pressão é que danifica o nervo. O nervo óptico, por sua vez, é responsável por enviar imagens ao cérebro. Por esse motivo, sua danificação causa prejuízo à visão.

Essa doença pode afetar pessoas de todas as idades. Mas, pessoas acima de 60 anos são as mais acometidas. O glaucoma é assintomático para a maioria das pessoas, na fase inicial. Por isso, visitar o oftalmologista periodicamente pode ajudar no diagnóstico. O diagnóstico precoce é muito importante. Pois, quando essa doença é tratada desde o início, a perda da visão pode ser retardada ou evitada.

Se você perder a visão devido ao glaucoma, você não poderá mais recuperá-la!

Sintomas

Os sintomas do glaucoma dificilmente se manifestam nos estágios iniciais. Mas, como os danos causados por essa doença não podem ser revertidos, é importante que a detecção seja feita quanto antes. Dessa forma, pode-se evitar a cegueira. Você sabia que o glaucoma é a segunda causa de cegueira no mundo? Ele perde apenas para a catarata. Então, é importante ficar atento aos sinais da manifestação dessa condição.

O glaucoma é chamado de “ladrão furtivo da visão”. O motivo de denominá-lo dessa forma é que as pessoas não manifestam nenhum sinal da doença inicialmente, contudo, o primeiro sinal a aparecer é a perda da visão em algumas regiões. Ou seja, ocorre uma perda da visão de forma oculta.

Dentre os sintomas dessa doença, estão:

  • Vermelhidão nos olhos
  • Dor nos olhos: você pode sentir dor nos olhos se a sua pressão intraocular estiver muito elevada. Geralmente, essa dor ocorre quando a pressão intraocular aumenta de modo repentino.
  • Perda de visão: a diminuição da visão, causada perlo glaucoma, ocorre em estágios mais avançados da doença. Essa visão perdida não pode ser restituída.
  • Enxergar halos ao redor das luzes: os halos são como círculos ao redor da luz, você pode enxergá-los ao olhar para uma lâmpada, por exemplo. Enxergar esses halos significa que sua pressão ocular está alterada.
  • Náusea e vômito
  • Visão turva: esse sintoma também aparece quando a pressão ocular está muito elevada, causando um inchaço na córnea.

Fatores de risco

Essa doença pode te deixar permanentemente cego. Sendo assim, fique atento aos fatores de risco, para que você possa iniciar o tratamento quanto antes. Os fatores de risco são:

  • Ter alta pressão intraocular
  • Ser diabético
  • Ter algum familiar com glaucoma
  • Possuir córneas mais finas
  • Ser negro, hispânico ou asiático
  • Ter hipertensão ou doença cardíaca
  • Ter miopia ou hipermetropia

Tratamento

O tratamento dessa doença deve ser feito quanto antes. Pois, como dito anteriormente, ela pode causar a cegueira. Todavia, o tratamento precoce pode retardar ou evitar a cegueira, mantendo a visão inalterada. Vale lembrar que a parte da visão perdida pelo glaucoma não pode ser recuperada. Mas como tratar o glaucoma?

Existem alguns tipos de glaucoma, por isso, o tratamento será de acordo com o tipo que você tem. Pode-se utilizar: colírios, tratamento a laser e cirurgia.

  • Colírios: o tratamento dessa doença costuma começar pela prescrição colírios. Os colírios ajudam a diminuir a pressão ocular, pois, eles ajudam na drenagem do fluido. Dependendo do seu quadro clínico, mais de um colírio pode ser prescrito. Além disso, eles devem ser usados todos os dias e por toda vida.
  • Laser: o tratamento a laser não substitui o uso de colírios. Nesse tipo de tratamento, é usado um laser forte para abrir os tubos de drenagem bloqueados, auxiliando na drenagem do fluido. A duração desse tipo de tratamento varia.
  • Cirurgia: a cirurgia também tem como objetivo melhorar a drenagem do fluido do olho e, por consequência, diminuir a pressão ocular. Ela permite que isso aconteça de forma mais rápida que os colírios e o laser.

O glaucoma não tem cura. Portanto, é fundamental seguir o tratamento fielmente. Se você tem glaucoma, é necessário seguir as orientações do seu médico para que sua visão se mantenha. Como dito anteriormente, não é possível recuperar a visão que você perdeu, mas, você pode manter a que tem e impedir que a condição se agrave. Se você negligenciar as formas de tratamento, você pode ficar cego.

Para convier bem com essa doença: use os medicamentos de forma correta, se alimente bem, faça atividade física, não fume. Cuide de você! Viva com saúde total.

Selecionadas Pra Você

    • This category has no posts!

Selecionadas Pra Você