Atividade Física

Alimentação

Sedentarismo

Viva Com Saúde Total

Browse By

Sinais da depressão

A depressão é uma doença que tem acometido muitos dos brasileiros. Nesse setembro amarelo vamos falar sobre alguns dos sinais e sintomas da doença, e sobre as 05 esferas da vida que a doença interfere.

O que é depressão?

Primeiramente, a depressão é uma doença séria que afeta de forma negativa a forma como você se sente, pensa e se comporta no cotidiano. Ela provoca sentimentos de tristeza e/ou falta de interesse nas atividades comuns e prazerosas da vida. 

A depressão é tratável e precisa ser acompanhada de perto por psicólogos e psiquiatras, afim de realizar o tratamento adequado para cada caso.

Quais os sintomas da depressão?

Antes de mais nada, veja alguns dos sintomas que uma pessoa depressiva pode apresentar:

  • Sentimento constante de tristeza.
  • Começa a não querer fazer atividades prazerosas que antes gostava.
  • Ganho ou perda de peso brusca.
  • Paralisia para tomar decisões simples ou importantes.
  • Falta de energia para fazer atividades cotidianas.
  • Sentimento de inutilidade.
  • Dificuldades para dormir ou excesso de sono.
  • Pensamentos suicidas.

Para entender melhor, perceba que a depressão atinge 05 esferas da vida: humor, pensamentos, físico, social. E é sobre esses aspectos que vamos falar nesse artigo.

Humor

A depressão interfere no humor da pessoa. Os sintomas de tristeza difere da tristeza normal devido ao tempo prolongado.

Na depressão, a tristeza dura semanas e interfere no cotidiano, como nos relacionamentos interpessoais, nas atividades do trabalho e estudo, etc.

Apesar de ser o sintoma mais comum, não é somente ele que afeta o humor. A inércia e falta de vontade de aproveitar atividades que antes eram prazerosas também são aspectos do humor de uma pessoa depressiva.

Além disso, a ansiedade também pode se apresentar em uma pessoa com a doença. Em muitas pessoas a ansiedade evolui para depressão.

Em conclusão, os sintomas citados anteriormente podem flutuar durante todo o dia.

Pensamentos

Sobretudo, os pensamentos de autocritica são muito comuns na depressão. Basicamente, pensamentos como “sou um fracasso”, “sou inútil”, “eu não faço nada certo” são muito comuns em um quadro depressivo.

Bem como, os pensamentos de culpa também são muito presentes. A pessoa depressiva começa a perder a capacidade de julgar a realidade, e enxerga culpa em problemas que ela não tem responsabilidade. Ou até mesmo sentimentos de culpa exagerados diante de coisas comuns do dia a dia que dão errado.

Do mesmo modo, a desesperança é muito presente no quadro de depressão. A pessoa tem frequentemente pensamentos negativos sobre quaisquer situações, como por exemplo: estando em um projeto, sempre pensa no fracasso dele.

Além disso, o pessimismo também é muito presente. Uma vez que todas as situações começam a ser analisadas de forma a enxergar os riscos e não os benefícios.

E por fim, há uma diminuição da concentração e velocidade de raciocínio. A pessoa depressiva passa pensar de forma mais lenta e a reagir diante do cotidiano de forma dispersa.

Físico

Em primeiro lugar, a principal alteração no físico de uma pessoa depressiva é a diminuição da energia corporal. Uma vez que a pessoa começa a sentir muita fadiga diante das atividades comuns do dia a dia.

Além disso, essas pessoas costumam sentir muita dor. Ficam mais sensíveis às dores ou até mesmo reclamam de vários tipos de dores.

Bem como, as alterações de sono também estão presentes. O indivíduo começa a relatar que não consegue dormir de forma efetiva, ou ainda, começa a ter excesso de sono.

Outro aspecto que é afetado pela depressão é a libido. Uma vez que o indivíduo relata ter diminuição do desejo sexual e problemas para se relacionar sexualmente.

Por fim, a ultima alteração que ocorre no físico de uma pessoa depressiva é a diminuição ou aumento brusco do apetite. Esse sintoma leva ou ao aumento do peso ou a diminuição.

Interação social

É muito comum na depressão que a pessoa sinta um enorme sentimento de solidão. Mesmo que esteja acompanhada pela familia, amigos etc., ela frequentemente relata sentimento de solidão.

Além disso, mesmo se sentindo solitário, o indivíduo não consegue forças para interagir e melhorar seus relacionamentos.

Bem como, há uma enorme insatisfação diante dos relacionamentos. Ocorre muitas queixas sobres qualquer tipo de relacionamento.

Por fim, todos esses sintomas levam a uma afastamento social. E o vício de solidão é alimentado cada vez mais.

O que fazer quando possuo esses sinais?

Cada caso deve ser avaliado particularmente, mas caso você sinta frequentemente as alterações relatadas aqui, deverá procurar um médico psiquiatra e/ou um psicólogo para ser acompanhado por eles.

Quanto antes os sintomas forem tratados, menor os riscos que a doença traz consigo.

Por isso, valorize a vida! Cuide da sua saúde mental! Você merece ser feliz e viver bem ! Lembre-se que a doença é tratável e que há soluções para todos os casos.

Além disso, você pode contar com a CVV, ligando a qualquer momento para conversar e desabafar.

E quer aprender mais sobre saúde mental? Entenda mais sobre o setembro amarelo

AVISO LEGAL: O conteúdo disponibilizado neste Portal tem caráter educativo e Informativo, visando ao esclarecimento de dúvidas em relação a medidas preventivas de saúde, exames diagnósticos, tratamentos e problemas de saúde diversos, baseado em pesquisas realizadas em diversas fontes disponíveis na Internet. As informações constantes dos vídeos e Artigos publicados nesse site não substituem consultas a profissionais médicos, nem têm por objetivo ou devem ser interpretadas como diagnóstico, recomendação de plano de tratamento e muito menos prescrição de medicamentos. Em caso de dúvidas, procure seu médico.

REFERÊNCIAS: www.youtube.com/watch?v=bXbf_sfA8yE

Selecionadas Pra Você

    • This category has no posts!

Selecionadas Pra Você